blog

Como aliviar um flemón?

Se alguma vez você já teve a má sorte de ter um flemón, com certeza você já se perguntou como aliviar um flemón. Um flemón é um abscesso localizado geralmente na gengiva, que é principalmente devido à inflamação de um dente que tenha sido danificado por cáries, periodontite, gengivite ou traumatismo, geralmente parecer como consequência de uma infecção dental e é um dos problemas bucais mais irritantes. Dado que o flemón é um abscesso, acumula pus em seu interior devido a que existe uma infecção bacteriana e cursa com dores e desconforto e dor, podendo ser contínuo ou esporádico, bem como vermelhidão, inchaço, escorra, halitose e gosto desagradável. Pode ocorrer sensibilidade dental, dificuldade para mastigação e febre em alguns casos. Tratamento do flemón Para saber como é o tratamento de um flemón, você deve ter em conta os seguintes aspectos: – Antes de tudo, nestes casos, é muito importante a visita ao dentista, para que se administre o tratamento para o flemón mais adequado, que geralmente consiste em analgésicos e anti-inflamatórios para reduzir a inflamação e tratar a dor e antibióticos para combater a infecção. – De forma caseira, você pode tentar o flemón em sua casa, você pode aplicar uma bolsa de gelo coberta com um pano e aplicar sobre a zona da face onde se encontra o flemón, isso vai ajudar a reduzir a inflamação e aliviar a dor. – Podem realizar-Se enxaguar em água morna e sal. – Pode ajudar a desinflamar o flemón tomar uma infusão de camomila com o suco de um limão espremido nela, tanto em jejum como antes de deitar. – Outro tratamento para aliviar o flemón é ferver um figo em leite e deixar esfriar, quando estiver mole se abre pela metade e aplica-se sobre o flemón para tratar as dores que este produz. – Quando a infecção tenha sido remetido, o dentista drenará o abscesso para eliminar o pus que se formou no seu interior, sem esquecer de tratar a causa que tem sido objeto de formação do flemón, como pode ser uma cárie, gengivite ou periodontite entre as mais freqüentes, de modo que não se volte a produzir outro flemón.