blog

Deficiência de vitamina B12: sintomas

A vitamina B12 ou cobalamina, é uma vitamina hidrossolúvel pertencente ao complexo B, que como o resto de vitaminas ajudam o corpo a converter carboidratos em glicose, que é utilizado como combustível para produzir energia. Se precisam de vitaminas do complexo B para manter em bom estado da pele, cabelo, olhos, fígado e o sistema nervoso, e que podemos encontrar em alimentos como o presunto ibérico. É uma vitamina importante para a manutenção das células nervosas saudáveis, e ajuda na produção de DNA e RNA, o material genético do corpo, esta vitamina trabalha em conjunto com a vitamina B9 ou ácido fólico, para ajudar as células vermelhas do sangue, e a produzir a S-adenosilmetionina, um composto envolvido na função imune e o estado de ânimo. Deficiências de vitamina B12 É raro que os jovens tenham deficiência em vitamina B12, mas é normal em pessoas idosas, devido a que suas dietas não são tão saudáveis ou porque possuem menos ácido do estômago, que o corpo precisa para absorver B12. Os baixos níveis de vitamina B12 podem causar uma variedade de sintomas que incluem fadiga, dificuldade para respirar, diarréia, sensação de nervosismo, dormência ou formigueiro nos dedos das mãos e dos pés, e em casos mais graves causa danos aos nervos. Outras pessoas em risco de deficiência de vitamina B12 incluem: – Veganos e vegetarianos que não comem produtos lácteos ou ovos, porque a vitamina B12 é encontrada somente em produtos de origem animal. – Pessoas com problemas de absorção de nutrientes, devido a condições, como a doença de Crohn, doença, morte, e cirurgias de perda de peso. – Pessoas infectadas com Helicobacter pylori , um organismo no intestino, o que pode causar úlcera. – Pessoas com algum distúrbio alimentar. – Pessoas com HIV. – Para pessoas idosas. Necessidades diárias de vitamina B12 Pediátrico Recém-nascidos – 6 meses: 0.4 mcg. Bebês de 6 meses – 1 ano: 0.5 mcg. Crianças 1 a 3 anos: 0.9 mcg. Crianças de 4 – 8 anos: 1.2 mcg. Crianças de 9 a 13 anos: 1.8 mcg. Adolescentes de 14 a 18 anos: 2.4 mcg. Adulto 19 anos e mais: 2,4 mcg. Mulheres grávidas: 2.6 mcg. Lactantes: 2,8 mcg. Alimentos ricos em vitamina B12 Os alimentos mais ricos em vitamina B12 são provenientes de fontes de origem animal, como o presunto ibérico, as amêijoas, seguidas do fígado de vitela, rins e peixes como a sardinha e o atum, e em menor quantidade nas carnes, ovos e leite. Os vegetarianos que não comem produtos de origem animal, podem encontrar alimentos como os cereais enriquecidos, algas e levedura de cerveja, mas estes serão insuficientes para cobrir as necessidades diárias, e terão que recorrer aos suplementos. Para obter a maior absorção desta vitamina, é necessário ter alguns níveis ótimos de cálcio. Sintomas de deficiência pela vitamina B12 Uma deficiência de vitamina B12 pode levar a anemia, se a deficiência é pequena, esta anemia será leve, mas à medida que piora pode provocar os seguintes sintomas: -Fraqueza, cansaço ou sonolência, taquicardia e respiração acelerada, pele pálida, dor na língua, facilidade para o aparecimento de nódoas negras ou hemorragias, incluindo hemorragias das gengivas, dor de estômago e perda de peso, diarreia ou prisão de ventre. -Se a deficiência não for corrigido, você pode danificar as células nervosas, se isso chega a acontecer, os efeitos da deficiência de vitamina B12 podem incluir os seguintes: formigueiro ou dormência nos dedos das mãos e pés, dificuldade para caminhar, mudanças de humor ou depressão, perda de memória, desorientação, e a demência Se a deficiência de vitamina B12 não se trata, em crianças, pode causar danos graves e permanentes ao sistema nervoso. As mães grávidas que seguem uma dieta vegetariana devem estar sujeitas a um controlo médico.