blog

Dicas para comer saudável e seguro fora de casa

O verão e o bom tempo nos incentivam a fazer tantas mais atividades ao ar livre. É comum passar dias inteiros fora de casa e celebrar churrascos, piqueniques, churrascos com amigos e familiares. Comer ao ar livre é uma atividade que todos nós gostamos nesta época do ano e que é uma delícia, desde que se faça com cuidado e tendo em conta uma série de precauções. E é que as altas temperaturas podem favorecer o crescimento de bactérias nos alimentos, daí que tenha que extremar as precauções para evitar qualquer susto e que os alimentos que devemos consumir são seguros, também ao ar livre. Trata-Se de um decálogo de dicas elaborados pela Agência Espanhola de Segurança Alimentar e Nutrição, para que possamos desfrutar de refeições ao ar livre, sem preocupações. – Manter uma higiene correta. É importante a lavagem das mãos com água limpa e sabão antes de manusear qualquer alimento, e depois de tocar em alimentos crus. É aconselhável levar uma garrafa de água, se o lugar onde vamos não dispõe de água potável, já que assim podemos lavar nossas mãos. Do mesmo modo, é preferível secárselas com um pano de uso único, ou um guardanapo de papel usar e deitar fora. – Evitar misturar alimentos. Na hora de preparar ou manipular alimentos, é fundamental separar os crus dos que já estão cozidos ou prontos para o consumo, além de usar pratos, facas e garfos diferentes. – Lave sempre as frutas e verduras antes de consumi-las. Devem-Se limpar adequadamente todas as frutas e legumes que vamos consumir, mesmo aquelas que têm casca não comestível ou que venham a descascar. – Não utilizar alimentos que contenham ovo cru. Devem-Se evitar maionese e molhos feitos com ovo quando vamos comer ao ar livre. Se vamos cozinhar tão socorrida omelete, é necessário cuajarla bem e mantê-la o tempo todo na geladeira até que vamos sair de nossa casa. – Do mesmo modo, sempre manter os alimentos na geladeira até o momento antes de sair de casa. Se os alimentos são cozidos, retirá-los na última hora e, posteriormente, levá-los em uma geladeira portátil. – Utilizar recipientes adequados e bem fechados para cada alimento. É conveniente separar os alimentos crus dos cozidos e evitar que se possam separar líquidos que possam contaminar outros produtos. – Manter a cadeia do frio. Trata-Se de manter a temperatura dos alimentos. Assim, antes de sair de casa, como já observamos, há que guardar os alimentos que necessitam de frio em uma geladeira portátil. É aconselhável o uso de acumuladores de frio nessa geladeira que cubos de gelo, já que estes últimos podem derreter e fazer com que a água entrasse em contato com os alimentos. Além disso, a geladeira portátil deve estar sempre à sombra. Os alimentos devem ser mantidos na geladeira antes de consumidas ou sejam cozinhados. – Deve-se sempre utilizar madeiras adequadas para a realização de um churrasco. Para isso, é preferível utilizar madeiras não resinosas, de primeiro uso, e que não tenham restos de vernizes ou tintas. – Cozinhar bem as carnes e peixes. Ambos, carne e peixe devem ficar na geladeira portátil até o momento que venham a ser cozinhados ao ar livre, que será quando as brasas estiverem preparadas. Não se deve queimar muito a carne, porque eles podem aparecer substâncias cancerígenas. Pode ser de grande ajuda fazer pequenos cortes nos alimentos para garantir que estão bem cozidos por dentro. A cor deve ser uniforme em toda a superfície do produto. – Por último, deve-se utilizar várias pinças e bandejas para alimentos crus e cozidos, quando vamos fazer um churrasco.