blog

Dicas para os pais com filhos celíacos

As tentações estão presentes em qualquer idade, mas não há dúvida de que são as crianças as que mais probabilidades têm de cair nelas, e ainda mais quando se trata de niñoscelíacos. De acordo com dados da Federação das Associações de Celíacos do Brasil (FACE), a doença celíaca afeta 1 em cada 100 cidadãos, e chama a atenção que apenas 25% dos casos é diagnosticada. Atualmente, conviver com esta doença já não é um problema. No entanto, nos casos de crianças com intolerância ao glúten, o nível de complexidade e a preocupação é maior. Dicas para as crianças celíacos Consciente da dificuldade de controlar a dieta de uma criança celíaco por experiência própria, Lucinda Bruce-Gardyne, fundadora da marca líder em produtos sem glúten no Reino Unido Genius Glúten Free, oferece alguns conselhos e dicas para fazer mais suportável esta doença, tanto para os pais como para os próprios filhos celíacos: – Comunicação fluida entre pais e filhos Esconder a criança celíaco sua doença ou evitar tratar o assunto dando por feito que não vai entender, não ajuda nem a compreender a sua condição ou a aprender a conviver com ela. A informação deve ocorrer o mais rapidamente possível e é responsabilidade dos pais dar de forma clara e adaptá-la para a idade da criança, respondendo sempre às suas dúvidas e preocupações. Além disso, há livros que podem ajudar a melhorar a comunicação entre pais e filhos sobre a doença celíaca. – Educação desde pequeno Não é necessário esconder ou deixar de comprar alimentos com glúten, mas, ao contrário, é importante mantê-los em casa para ensinar a distinguir a criança celíaco entre o que pode comer e o que não. É tão simples como preparar uma lista de alimentos que pode comer, como todo o tipo de fruta (sem glúten), por exemplo, e uma lista com os que não são, como produtos de pastelaria convencionais (com glúten). Só assim você vai aprender a dizer "não" para aqueles alimentos que não podem provar. – Diferenciação Neste trabalho de educadora com crianças celíacos, é importante separar os alimentos com glúten, que não levam em armários diferentes e, no caso de optar por dois menus diferentes, preparar primeiro o que não contenham glúten, para evitar que fiquem vestígios em utensílios. Além disso, quando a criança é suficientemente maior, capaz de tomar mais responsabilidade, recomenda-se ensiná-lo a interpretar os rótulos dos alimentos. – Seguir uma dieta equilibrada Uma alimentação livre de glúten é a mais completa e saudável do ponto de vista nutricional, desde que se adeque às necessidades da criança celíaco e se planeje a consciência. Para garantir uma dieta equilibrada e variada é importante incluir carboidratos, proteínas, fibras, gorduras, vitaminas e minerais, e usar sempre produtos frescos. Ter uma dieta quando se sofre algum tipo de intolerância alimentar deve ser algo normal e prazeroso, até é bom que as crianças tomem algum capricho de vez em quando. Neste sentido, o Genius dispõe de uma grande variedade de produtos sem glúten, desde pizza até pão pita ou mesmo deliciosos muffins de mirtilo ou limão. – Uma refeição em família É recomendável que todos os membros da família comam em casa o mesmo menu, sempre que possível, para evitar assim que o pequeno se sinta diferente ou excluído. A dia de hoje há muitas alternativas sem glúten para os hidratos de carbono ricos em trigo. Por exemplo, a massa sem glúten, a batata, o arroz branco e integral, ou a Quinoa são opções saudáveis prescindir da massa de pão de trigo, cuscuz ou o pão nas refeições. – Cozinhar com as crianças Envolver as crianças celíacos na cozinha, quando possível, é uma forma diferente e divertida para aprender em primeira mão tudo o que pode comer e o que não. Graças à grande variedade de produtos sem glúten existentes no mercado, exploraréis juntos novas receitas e sabores. Além disso, descobrirá por si mesmo novos produtos e como são feitos os seus pratos favoritos, de cada vez que a vê de um modo mais positivo, o que significa levar uma dieta livre de glúten. – Preparar-se antes de sair de casa É essencial informar a toda a família, amigos e professores sobre a doença celíaca e para fazê-los entender o que é e o que pode ocorrer quando não seguir corretamente uma dieta sem glúten. É uma boa idéia dar alguns conselhos sobre que tipo de alternativas, sem glúten existem e oferecer algumas sugestões de receitas adaptadas aos gostos de seus filhos. Se a criança come na casa de um amigo ou em uma festa, você deve sempre verificar quais os alimentos que haverá e se é necessário levar alguns produtos para celíacos. É recomendável levar sempre algum lanche para o caso em mais de uma ocasião, é complicado encontrar opções sem glúten. De qualquer modo, as marcas especializadas em produtos sem glúten, como Genius Glúten Free, trabalham e investigam de forma constante para oferecer alternativas que permitam criar receitas saborosas semelhantes aos pratos tradicionais de sempre. Bolos, pizza, massa quebrada ou diferentes tipos de pães, são apenas alguns dos encantadores produtos que a marca oferece.