blog

Dicas para uns dentes saudáveis em crianças

Quais são os teus filhos prestam a devida atenção a saúde de seus dentes?, através do nosso blog de Saúde-vos oferecemos uma entrevista exclusiva com o Dr. Gregório Cominho Branco, da clínica Saúde Dental Branco, que muito gentilmente respondeu às nossas perguntas sobre os cuidados essenciais para a saúde dental de nossos pequenos, quereis ver o que nos respondeu?, então continue lendo. Cuidados com os dentes de leite 1) Como posso prevenir a formação de cárie nos primeiros dentes do bebê? A saúde oral é parte integrante da saúde geral da criança. Lascaries, é atualmente a doença mais comum na infância e pode provocar graves problemas de saúde em geral, tais como dor intensa, infecções faciais, etc. A ferramenta-chave para diminuir a prevalência de cárie em crianças espanhóis é a educação da população, incutir-lhes hábitos saudáveis de higiene, desde idades precoces. Embora se tenha avançado muito nesse campo, infelizmente constam nos dados de que há, no momento, um de cada cinco crianças entre os 2 e os 4 anos com cárie não tratada. 2) Quais os cuidados essenciais recomenda para os dentes de leite do pequeno? Para os dentes temporários do pequeno, e já a partir da erupção dos primeiros dentes, deve-se começar com a limpeza oral duas vezes ao dia. Para esta etapa, você pode usar dedais de silicone ou escovas dentais infantis. Em torno do ano e meio, quando a criança já tem os primeiros molares primários, a recomendação é o uso da escova dental. Recomenda-Se limpar as superfícies dentais laterais com movimentos circulares e as superfícies masticatorias com movimentos anteroposteriores. 3) Por que são importantes os dentes de leite se lhe vão cair? quais seus cuidados nos ajudaria a evitar possíveis ortodoncias? As alterações que ocorrem na dentição temporária, como cáries, golpes, atraso na erupção, etc., podem afetar os dentes definitivos causando lesões que necessitam de tratamentos mais tarde. O germe do dente permanente que possui os dentes, pode ser afetado se existe um mal cuidado durante a dentição temporária. Um bom controle e vigilância durante a dentição temporária pode evitar a ocorrência de maloclusiones (manutenção do espaço) e outros danos na dentição permanente. Dicas sobre a visita ao dentista e higiene oral 4) qual o tempo é recomendável que nosso filhos visita ao dentista? É recomendável que os nossos filhos visitem o dentista, pelo menos, uma vez por ano. No caso dos lactentes, é aconselhável que deva ser realizada uma revisão após a erupção dos primeiros dentes ou no decurso do primeiro ano de vida. Nesta visita, você escolherá o risco de cárie, uma vez que se darão diretrizes de atuação e orientação precoce para os pais e é avaliada a necessidade de aplicações tópicas de flúor em função do risco. 6) Quais os tipos de alimentos nos recomendaria para melhor saúde oral dos pequenos? É aconselhável evitar ao máximo as refeições com grande teor de açúcar e, assim, cuidar dos dentes de toda a família. Você deve controlar que o pequeno não consuma produtos açucarados com muita frequência entre as refeições. Além disso, a consistência desses produtos não deve ser muito pegajosa ou difícil de remover os dentes, como pastilhas elásticas, rebuçados, etc. É importante que se cepillen os dentes na meia hora seguinte ao consumo desses produtos. Além disso, é muito importante que os pequenos adquiram o hábito de lavar a boca após consumir alimentos com elevadas doses de açúcar. Desde os 6 meses o bebê pode consumir sucos de frutas, mas é preferível não adicionar açúcar. De notar que os pais têm a tendência de vales de bebidas gasosas, as quais não são muito recomendáveis. 7) quais são os benefícios Que nos traz o flúor para os dentes? O flúor dental protege os nossos dentes durante toda a nossa vida, mas é na fase infantil, onde tem mais efeito benéfico já que os dentes "de leite" estão em pleno processo de formação. No caso de crianças, o flúor pode ser ingerido através da água, pois há fabricantes de água mineral que adicionam grande quantidade de produto, mas também podem obter em pastas dentífricas e em soluções de flúor. 8) Quais são as dicas nos ofereceria para a limpeza dos primeiros dentes do bebê? Antes que erupcionen os primeiros dentes, deve-se começar com a estimulação oral para acostumar o bebê a manipulação da boca e instaurar um hábito precoce. A limpeza deve ser feita uma vez ao dia. Para esta etapa, você pode usar dedais de silicone ou uma gaze embebida em água. Após a erupção dos primeiros dentes, deve-se começar com a limpeza oral 2 vezes ao dia. Para esta etapa, você pode usar dedais de silicone ou escovas dentais infantis. Depois que erupcionen os primeiros molar primários, em torno dos 18 meses, deve-se optar pelo uso da escova dental. 9) qual O biberão pode contribuir para a formação de cáries e outras afecções oral?, Como utilizá-los de forma que não afete negativamente a sua saúde oral?, é recomendável o uso da chupeta? É indicado o uso de fórmulas adaptadas (FA), apenas nos casos em que a amamentação não seja eficaz, quando a criança apresenta uma doença de base que obrigue a introduzir FA ou quando a mãe consuma fármacos recomendados durante a amamentação. A ingestão de FA realiza-se habitualmente por meio do biberão, e este apenas deve ser utilizado como um veículo para FA. Outros líquidos, como sucos e água, devem oferecer-se em chávenas. Não se recomenda a adição de açúcares ou adoçantes o biberão por ser um claro fator de risco de cárie. Além disso, a partir da erupção do primeiro dente, não é aconselhável que fique dormindo amostras toma a mamadeira, para evitar o aparecimento de cáries na infância. No caso de uma criança ficar dormindo enquanto é alimentado, você deve limpar os dentes antes da hora de deitar. Depois de 18 meses, é quando se deve abandonar definitivamente o biberão. A persistência do biberão favorece um padrão de sucção infantil, a aparição de uma deglutição atípica e, posteriormente, maloclusiones. 10) Até que ponto a amamentação é importante para o desenvolvimento dos dentes do bebê? Todos os bebês nascem com uma mandíbula pequena em comparação com o maxilar superior. A sucção do peito ajuda a que a mandíbula "avanço" na sua posição e com isso se obtém uma melhor reação entre o axilar e da mandíbula. Diversos estudos indicam que a exercitação dos músculos mastigadores e faciais ao amamentação, diminui em 50% os indicadores de maloclusiones (más mordidas). A amamentação também facilita a respiração nasal do bebê, ajuda a um correto posicionamento da língua e a um bom desenvolvimento da musculatura oral, impede padrões de deglutição anormais, promove uma certa forma do palato, aumenta o fluxo salivar, entre outras muitas vantagens. A maioria dos pediatras indicam a importância do aleitamento materno durante os primeiros seis meses, para o correto desenvolvimento da respiração, da boca, das oclusões e da deglutição durante a infância. 11) Qual o tipo de pasta de dente é a mais recomendada para nossos filhos (de acordo com a idade)? Não se recomenda o uso de pasta dental fluoretada em crianças que não tenham aprendido a cuspir (geralmente, crianças com menos de 2 anos de idade) para o risco de uma ingestão excessiva de flúor e a consequente aparecimento de fluorose dental em prisão permanente. Apenas em crianças com alto risco de cárie, o odontopediatra irá avaliar a necessidade do uso de pasta dental fluoretada para esta idade. Em crianças de 2-3 anos de idade que tenha adquirido a coordenação motora suficiente para cuspir, você pode usar uma pasta de dentes com uma concentração de 500 ppm de flor. Em crianças de 6-7 anos, pode-se usar um creme dental com maior concentração de flúor, já que os riscos de fluorose dental por ingestão sistêmica de flúor desaparecem a partir dos 7 anos. 12) Quais os tipos de doenças periodontais são mais comuns em crianças e como tratá-las? Em relação às doenças periodontais, deve-se ter em conta as gengivite. Trata-Se de uma inflamação e vermelhidão da gengiva, acompanhados de sangramento e até mau hálito. Esta alteração pode prevenir com cerca de corretos hábitos de higiene. Portanto, a aprendizagem e motivação nas técnicas de higiene durante a infância nos imprescindíveis para prevenir estas doenças. As formas mais avançadas da doença periodontal são raras em crianças, mas pode ocorrer. Por isso, é importante que as visitas ao dentista se realizem desde a infância. Além disso, existem doenças periodontais associadas com doenças sistêmicas que devem ser diagnosticadas e tratadas desde a sua aparição. 13) Por sua experiência profissional, você acha que as crianças de hoje em dia se alimentando corretamente?, Qual é a mensagem lhes daria aos pais que ainda não são conscientes da importância da higiene oral? Evidentemente que a alimentação desempenha um papel fundamental na saúde geral das crianças e, claro, a saúde oral. Existem alimentos que contribuem para que os dentes se mantenham saudáveis assim como há outros que são mais prejudiciais. É importantíssimo que os pais, que são uma referência para as crianças, mostrem a seus filhos desde pequenos hábitos de higiene oral. Desempenham, portanto, um papel fundamental no desenvolvimento de hábitos saudáveis, já que é, além disso, desde as etapas iniciais, onde começa já a prevenção de possíveis doenças bucais futuras.