blog

Novo tratamento com célulastronco: Criar dentes

Hoje no nosso blog de saúde, vamos falar sobre os últimos avanços nas pesquisas sobre a aplicação da medicina regenerativa e o tratamento com células-tronco, as quais oferecem um raio de esperança para milhões de pessoas em todo o mundo que sofrem de determinadas doenças que hoje em dia são consideradas incuráveis. No decorrer de poucos anos, se poderiam aplicar tratamentos que podem amenizar ou retardar os seus efeitos e, até mesmo, ser totalmente curadas. É o caso, por exemplo, de doenças degenerativas, como doença de parkinson, a Esclerose múltipla e o mal de Alzheimer. Células-tronco para doenças degenerativas Estas e outras doenças degenerativas constituem um dos principais problemas de saúde dos países desenvolvidos e os tratamentos que se aplicam até agora têm como objectivo atenuar os sintomas que reparar o dano celular. Para isso seria necessário a aplicação de novas terapias de medicina regenerativa com células-tronco, capazes de repovoar com células saudáveis, os tecidos danificados no decurso da doença. Algo que já foi testado com sucesso na recuperação de tecidos cardíacos em pacientes que haviam sofrido um enfarte. Embora possa parecer ficção científica, a experiência e a realidade nos ensinou algo, é que quase qualquer coisa que possamos imaginar se pode fazer real. Um otimismo que nos faz pensar que poderia ser algo tão sólido como um dente a partir de algo tão etéreo como são as células-tronco. De fato, há alguns dias, conhecia-se que os cientistas tomaram células-tronco de urina humana e as fizeram crescer em ratos como tecido ósseo para substituir dentes O que são e como funcionam as células-tronco: Mas antes de falar do tratamento com células-tronco, seria bom que o aviso prévio sobre o que são e como funcionam: podem ser extraídas do embrião humano e também de vários outros tecidos do nosso corpo, já adulto, e por assim dizer de alguma forma, são esse ator que se traviste várias vezes durante uma função para representar vários personagens: células que podem se transformar em diferentes células do corpo. O mais importante é que pesquisadores de todo o mundo estudam a possibilidade de usá-las para regenerar tecidos danificados, como o de um coração após um infarto, por exemplo. Assim, sem dúvida, e as palavras do dentista Ivan Viana, "é um dos maiores descobertas e as melhores notícias do século XXI, já que vão representar uma revolução na hora de tratar diversas doenças". Tratamento com células-tronco para criar dentes: Um casal de especialistas da Universidade Federal de São Paulo, Silvio e Mônica Duailibi, juntamente com pesquisadores do Hospital de Massachusetts, nos Estados Unidos, descobriram que as células-tronco também poderiam servir para criar dentes em ratos e publicaram o estudo no jornal Journal of Dental Research. Embora, naturalmente, todo o processo está em suas primeiras fases e temos que pesquisar muito mais ao poder aplicar este avanço em humanos, não cabe dúvida que esse processo pode se transformar em uma revolução em toda regra para o mundo da odontologia. Ivan Viana nos conta foi o processo: "as Experiências anteriores já haviam conseguido fazer crescer dentes no abdome de ratos, o salto veio quando o conseguiram, dentro da boca, no queixo". O que será no futuro, é que a medicina trabalhe com o gabarito ao contrário da reparação. "Isso quer dizer que em um dente com cárie será possível recriar o esmalte e a dentina, que foram destruídos", aponta o doutor Viana.